quinta-feira, 24 de maio de 2012

"Deus ajude nessa nova missão, pois eu sei que não é facil, dificuldades vão surgir. Mas nada lhe faltará enquanto eu existir."

Ele é carinhoso, atencioso, dedicado, amigo, companheiro, preguiçoso, paciente, calmo, sorridente, auto-confiante, .. Ele me transmite alegria, paz, harmonia, felicidade em suma. Ter ele comigo é uma coisa que passou de essencial para necessária. Estamos juntos a pouco tempo, tivemos poucos momentos, mas dos poucos me refiz, me renovei, me reergui. Ele sabe que sou impaciente, estressada, brava, mas ao mesmo tempo sabe que sou amiga, carinhosa, apaixonada. Vida, só me fala que vai me aturar. Aturar todas as minhas crises de ciúmes, meus momentos - não tão raros - sem paciência, as minhas desconfianças e meus surtos de insegurança. Aturar meus dramas, minhas teimosias, minha arrogância, minhas piadas sem graça e o meu não-romantismo. Aturar todos os meus tipos de provocação, meu amor por outras pessoas, minhas mudanças inconstantes de humor e de temperamento. Aturar minha mente confusa, minha memória irritante, minha sinceridade exagerada. Aturar quando eu falar que te amo mais e também quando eu não falar que te amo. Aturar e segurar tudo não por mim, nem por você… Mas por nós mô! Gosto do seu jeito desajeitado, dos carinhos incalculáveis, dos beijos apaixonados, .. do abraço protetor, do olhar seguro, do sorriso confiante, do beijo antes de dormir, do "amor, eu te amo muito ta?" antes de adormecer, gosto do seu jeitinho de "fazer amor", do "bom dia vida" jamais esquecido, gosto quando brincamos, do jeito de olhar, de tocar, dos sms rotineiros, das ligações durante a tarde, da preocupação, do companheirismo. Gosto quando me diz que aquilo não é certo, quando assume que errou, das juras de que nunca mais irá me dar motivos para que eu fique brava, gosto dos seus dedos da mão, do detalhe do seu rosto, da barriguinha gordinha, da canelinha fina, das pernas brancas, gosto de dormir agarradinha contigo, gosto quando fica mexendo na minha orelha, quando bagunça meu cabelo, quando me chama de linda, quando fala que ama, quando me chama de sua bravinha, sua menina. Gosto daquela saudade durante a semana, do friozinho na barriga quando te encontro, da sua carinha de bobo, do biquinho quando quer um beijo, gosto de quando diz: "ah mô, para de besteira.", Gosto de dividir minha vida contigo, de trilhar um novo caminho, de ter com quem contar, de ter a certeza da não-solidão, .. além de tudo isso. EU AMO TE AMAR! N]ao sei se gosto mais de mim ou de você! Amor, obrigada ta? Eu te amo noite, dia, todos os dias, cada vez mais Bruno Henrique s2

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário